PEV Entertainment
Twitter
Facebook
YouTube
Flickr
MySpace
RSS
Newsletter
  • Jamie
    Ver mais
    JAMIE CULLUM
  • VOA
    Ver mais
    VOA – Heavy Rock Festival
  • Thumbnail
    Ver mais
    VOA – Heavy Rock Festival | Horários
  • Thumbnail
    Ver mais
    MEO SONS DO MAR
  • ThumbnailDama
    Ver mais
    D.A.M.A
  • Metallica
    Ver mais
    METALLICA | Concerto Esgotado
Outros Eventos
Metallica
Quem gostaria de ver ao vivo em Portugal?

Arquivo

Metallica2
METALLICA | Concerto Esgotado
Comprar Bilhetes para METALLICA | Concerto Esgotado
1 de Fevereiro de 2018 na MEO Arena, em Lisboa

 

 Digressão mundial de promoção a “Hardwired... To Self-Destruct” passa por Lisboa

1 de fevereiro de 2018 na MEO Arena, em Lisboa Bilhetes à venda a partir de 24 de março


Cartaz Metallica4

Os Metallica acabam de anunciar as datas europeias da digressão “WorldWired Tour”, de promoção ao novo álbum “Hardwired… To Self-Destruct”, sendo que Lisboa é uma das datas contempladas. O grupo norte-americano regressa assim a Portugal no início do próximo ano, a 1 de fevereiro de 2018, à MEO Arena. A digressão arranca com dois concertos em Amesterdão, nos dias 4 e 6 de setembro. Os noruegueses Kvelertak vão fazer as primeiras partes da digressão. 

Os bilhetes estarão disponíveis em regime de pré-venda para membros do Legacy Met Club a partir da próxima terça-feira, 21 de março, pelas 9h da manhã, enquanto os bilhetes de todos os Fifth Members dos Metallica ficarão disponíveis em pré-venda a partir das 10h do mesmo dia. Os ingressos serão colocados à venda ao público em geral a 24 de março, sexta-feira. Consulte www.metallica.com para todas as informações quanto a bilhetes.

Os bilhetes que forem adquiridos nas lojas oficiais incluem o álbum “Hardwired… To Self-Destruct”, em formato físico e digital, edição standard. Serão enviadas informações mais detalhadas por e-mail  quanto a esta oferta, sendo que em caso de já se ter o disco é possível oferecê-lo, informações que também serão dadas via e-mail. A versão física do álbum acresce taxas de envio.

Os Metallica associaram-se à CID Entertainment para oferecer três opções que permitem uma experiência mais completa desta digressão, incluindo bilhetes premium e outras facilidades, acesso prévio à sala de espetáculos, uma visita à exposição de memorabilia “Memory Remains”, bem como meet & greets, através dos quais é possível conhecer a banda. Para informações detalhadas quanto a estas ofertas consulte: 

http://www.cidentertainment.com/events/metallica-europe-tour-2017/ 

Hardwired… To Self-Destruct” foi lançado a 18 de novembro de 2016, com o selo da Blackened Recordings, dos próprios Metallica, tendo entrado para o 1.º lugar dos tops de vendas em todo o mundo, ultrapassando as 800 mil cópias vendidas na semana de lançamento. O álbum foi produzido por Greg Fidelman com James Hetfield e Lars Ulrich e está disponível em vários formatos em www.metallica.com. 

Em Portugal, o álbum também teve entrada direta para o 1.º lugar do top de vendas, tendo atingido o Galardão de Ouro.

Hardwired… To Self-Destruct” foi bastante aplaudido pela crítica. O New York Times escreveu: “Os Metallica abraçaram a idade adulta, reclamando o ataque da sua música, ao mesmo tempo que colocam de parte a imagem de banda hard rock jovem, veloz e fora de controlo”. “Em ‘Hardwired’ os Metallica voltam ao terror vintage dos anos 80”, escreveu a Rolling Stone. O The Guardian afirmou: “Os Metallica acabam de fazer o seu melhor disco em 25 anos”, enquanto a NME referiu: “Os Metallica mantêm-se vitais e inovadores”.

Informações:

01 de Fevereiro 2018

MEO ARENA - Lisboa

Preços de bilhetes: 50 a 80 euros

SOBRE METALLICA

Os Metallica foram formados em 1981 pelo baterista Lars Ulrich e pelo guitarrista e vocalista James Hetfield e tornou-se uma das mais influentes e comercialmente bem sucedidas bandas de rock na história, tendo vendido 110 milhões de álbuns em todo o mundo enquanto toca para milhões de fãs em literalmente todos os sete continentes. Compilaram vários álbuns multiplatina, incluindo o “Metallica” de 1991, conhecido por “The Black Album”, com vendas de quase 17 milhões de cópias nos Estados Unidos, tornando-o o álbum mais vendido da história da Soundscan. Metallica também recebeu inúmeros prémios e elogios, incluindo nove Grammy Awards, dois American Music Awards e vários MTV Video Music Awards, e foram induzidos no Rock and Roll Hall of Fame e Museum em 2009. Em Dezembro de 2013, os Metallica fazem história quando dão um concerto raro na Antártida, tornando-se a primeira banda a tocar em todos os sete continentes num ano, o que lhes rendeu um lugar no Guinness Book of World Records.

SOBRE KVELERTAK

Formada em Stavanger, na Noruega, Kvelertak é uma banda vencedora de prémios e aclamada pela crítica em todo o mundo, além de quatro prémios Spellemann conquistados. Lançaram três álbuns. O seu mais recente LP, “Nattesferd”, obteve os elogios "Most Anticipated" da Rolling Stone, Stereogum e Consequence of Sound, aquando do seu lançamento em Maio de 2016 e rapidamente estabeleceu-se como um dos mais aclamados lançamentos do ano. Stereogum escolheu “Nattesferd” como o álbum #16 na sua lista dos "50 melhores álbuns de 2016", afirmando: "... é um estimulante convite para um mundo inteiro", e a Rolling Stone elogiou a coleção nos seus "Best Metal Records of 2016" afirmando, "... Kvelertak tornaram-se no crossover mais atraente e convincente do heavy metal".


Cartaz Metallica 2018

Ver mais
Thumbnail DAMA (1)
D.A.M.A
25 Novembro | Campo Pequeno | Lisboa

D.A.M.A - O Campo Vai Ser Pequeno

Dois anos após a edição do álbum ‘Dá-me Um Segundo', os D.A.M.A decidiram preparar algo muito especial para apresentar aos fãs!

A enorme popularidade dos D.A.M.A é confirmada pelo grande número de fãs, bem como pela quantidade de espetáculos realizados – mais de 250 em apenas dois anos - mas também pelo número de discos vendidos – o álbum de estreia, 'Uma Questão de Princípio', atingiu o estatuto de disco de dupla platina, por vendas superiores a 30.000 unidades e permaneceu dezanove semanas em primeiro lugar do Top de vendas nacional. Os números alcançados pelos seus vídeos no canal Youtube são também deveras impressionantes: um total de mais de trinta e sete milhões de visualizações!

O segundo CD de originais, intitulado 'Dá-me um Segundo', foi lançado em outubro de 2015, e dele foram retirados três singles: 'Não Dá', 'Não Faço Questão' (com a participação de Gabriel o Pensador) e ‘Agora é Tarde’. 'Dá-me um Segundo' foi também certificado como disco de platina.

O terceiro álbum da banda, a editar no corrente ano, possui vários temas já conhecidos dos fãs, como é o caso de 'Era eu', lançado em setembro de 2016, e que tem já mais de oito milhões de visualizações no Youtube; de ‘Miúdos’, versão do original ‘Garotos’, da autoria do cantautor brasileiro Leoni, ou do novíssimo single ‘Pensa Bem’ (Feat. ProfJam), com cerca de meio milhão de visualizações no Youtube.

Tendo esgotado por duas vezes o Campo Pequeno, o grupo de Miguel Coimbra, Francisco ‘Kasha’ Pereira e Miguel Cristovinho irá regressar, no próximo dia 25 de novembro, a esta emblemática sala lisboeta para um concerto verdadeiramente único, em que irá apresentar ao vivo este seu terceiro álbum!

Mais notícias em breve!

Ver mais
Thumbnail (1)
MEO SONS DO MAR
Comprar Bilhetes para MEO SONS DO MAR
2 DE SETEMBRO | PARQUE DE SANTA CATARINA | FUNCHAL
No próximo dia 2 de Setembro decorre mais uma edição do MEO SONS DO MAR. Esta é já a 7ª edição do festival, que continuará a acontecer no espaço incrível que é o Parque de Santa Catarina, no Funchal. Inserido num cenário único sobre a baía do Funchal, o MEO SONS DO MAR está associado a artistas de renome nacional, que têm marcado as edições anteriores, permitindo a todos a vivência de uma experiência única.

Pelo sétimo sexto ano consecutivo a Câmara Municipal do FUNCHAL, o MEO e a PEV ENTERTAINMENT apresentam o MEO SONS DO MAR, prosseguindo assim a aposta do MEO em atribuir o naming aos melhores Festivais de Verão. E o MEO SONS DO MAR não é exceção.

Tornou-se já um hábito das edições anteriores o cartaz do Festival MEO SONS DO MAR ser composto por artistas nacionais e para a edição que se aproxima não serão defraudadas as expectativas dos mais exigentes: David Carreira e Gisela João.

O apoio do MEO a este festival enquadra-se numa estratégia precursora na área da música em Portugal, ancorada em 3 vetores: a presença do MEO em festivais e eventos de música de referência em Portugal continental e nas ilhas, a Rádio MEO Music, e o MEO Arena. E a edição que se aproxima traz mais uma novidade e desta vez em especial para os mais pequenos: MEO SONS DO MAR para os mais pequenos.

Na manhã do dia 02 de Setembro, as portas também se abrem para os mais novos.




INFORMAÇÕES SOBRE OS ARTISTAS:



David Carreira

No próximo dia 2 de Setembro, contamos com a presença de David Carreira. O cantor nasceu em 30 de Julho de 1991 em França e deu início à sua carreira como cantor em 2011, tendo antes trabalhado como ator e modelo. Já conhecido pelos seus concertos únicos em Portugal (só em 2016 deu mais de 60 concertos), David Carreira regressa em 2017 com um concerto renovado.

“Ficamos Por Aqui” é o novo single de David Carreira.
Este é um trabalho de amor que devolve David Carreira à paixão da música da dança na qual os pormenores não foram deixados ao acaso. Em termos musicais e de escolha de paleta de instrumentos o facto de poder não significa fazer. O minimalismo electro, a tensão das notas que tecem a melodia, as ambiências dos teclados sedutores e a produção de “Ficamos Por Aqui”, mostram a cada compasso
que “menos” é na realidade “mais”.
E é nesta escolha de detalhes e de produção que o artista demonstra a sua evolução, o seu amadurecimento, a sua direção. Se musicalmente se nota um novo caminho traçado por David Carreira, em termos líricos há um reforço de uma mensagem na qual a luta interior entre “quem fomos” e “quem somos” e o eterno debate entre o passado e o presente, se revela como um traço comum de uma
geração, a geração com a qual afinal o artista se identifica e faz parte.

David Carreira iniciou a 3 WORLD TOUR dia 16 de abril, apresentando a cada concerto, uma festa única, a que David Carreira já habituou o público. Nesta tour, além das músicas que acompanham o artista desde sempre, poderão ser ouvidos  novos temas como o “FICAMOS POR AQUI”.
O single já está disponível nas plataformas digitais, sendo que existe uma ação especial com o Itunes em que na compra da versão normal do tema “Ficamos Por Aqui” é oferecido a versão acústica deste mesmo tema.


Gisela João

Uma das vozes arrebatadoras do panorama do fado, Gisela João é já uma figura central e uma das mais importantes intérpretes da música portuguesa da atualidade, tendo já sido laureada com inúmeros prémios, com destaque para os prémios Blitz, Time Out, Expresso e o Globo de Ouro para Melhor Intérprete Nacional. A constante presença de Gisela em palcos nacionais e internacionais, bem como as suas atuações eletrizantes, foram determinantes para Gisela consagrar-se entre os demais intérpretes e gigantes da música portuguesa, apresentando um Fado contemporâneo sem desvios nem artifícios, que parte duma formação tradicional e mergulha na sua génese, reencontra a sua autenticidade, questiona os seus excessos e maneirismos, para se tornar por fim, incrivelmente genuíno. Miguel Esteves Cardoso disse: “Amália Rodrigues foi a grande fadista do século XX. (…) Sei e sinto, com a mesma força, que Gisela João é a grande fadista do século XXI.” E quem somos nós para o negar?

“Há fados e fados”
Três anos depois do álbum de estreia, Gisela João edita agora o seu muito aguardado segundo disco. Chama-se “Nua” e são fados, tal como ela os sente e gosta de cantar. 
Tal como o primeiro disco, foi gravado fora do ambiente normal dos estúdios, entre o Palácio de Santa Catarina, em Lisboa, e a Cidadela de Cascais.
Consigo estiveram Ricardo Parreira na Guitarra Portuguesa, Nelson Aleixo na Viola de Fado, Francisco Gaspar na Viola Baixo e Frederico Pereira na Produção e Direção Musical.
O disco dá voz às palavras de alguns poetas da atualidade, visita temas clássicos e tradicionais e surpreende-nos mostrando que, vinda de onde vier - e vem de muitos sítios - a música que passa pela voz de Gisela João é fado. É esse o seu fado.
Mais que um ano de afirmação e consagração, 2016 foi o ano em que Gisela João vincou o seu lugar no pódio dos melhores músicos portugueses da atualidade.??Findas as extensas digressões de apresentação do seu álbum de estreia, Gisela foi, a pouco e pouco, apresentando novos temas, excertos do tão aguardado segundo álbum. E, logo após o tremendo sucesso que foi a sua apresentação ao vivo na WOMEX '16, em Santiago de Compostela, "Nua" chega às lojas!
Um lançamento surpresa, que representa o culminar de largos anos de estrada e trabalho, trabalho esse sempre aclamado pelo público e imprensa.??"Nua" rapidamente subiu ao topo da tabela de vendas em Portugal e foi, novamente, aclamado como um dos discos do ano pelas mais distintas publicações e jornalistas, como na Blitz, Expresso, Público, Vice, e muitas mais. Dele, já se conhecem dois
temas: "Labirinto Ou Não Foi Nada" e "O Senhor Extraterrestre", que nos convidam a escutar um "poderoso e sublime statement" que a deixa (e a nós) "o corpo em desassossego". (Frota, Gonçalo; Público)??Foi, sem qualquer sombra de dúvida, um final de ano ímpar!?
Para 2017? Gisela arranca o próximo ano de 2017 com uma apresentação ao vivo no EUROSONIC 2017, um dos mais icónicos e conceituados festivais de música da Europa, que se realiza em Groningen. O que segue? O regresso de Gisela aos Coliseus, para a derradeira apresentação ao vivo de "Nua". E, certamente, muito, muito mais virá. Três anos depois do álbum de estreia, Gisela João editou em Novembro de 2016  o seu muito aguardado segundo disco. Chama-se “Nua” e são fados, tal como ela os sente e gosta de cantar.??Tal como o primeiro disco, foi gravado fora do ambiente normal dos estúdios, entre o Palácio de Santa Catarina, em Lisboa, e a Cidadela de Cascais. Consigo estiveram Ricardo Parreira na Guitarra Portuguesa, Nelson Aleixo na Viola de Fado, Francisco Gaspar na Viola Baixo e Frederico Pereira na Produção e Direção Musical.??“Nua” homenageia algumas das suas grandes referências musicais –
Amália Rodrigues, Beatriz da Conceição, Argentina Santos, Chavela Vargas e Cartola – e dá voz às palavras de alguns poetas da atualidade – como a rapper portuense Capicua ou a poetisa Ana Sofia Paiva – e surpreende-nos mostrando que, vinda de onde vier - e vem de muitos sítios - a música que passa pela voz de Gisela João é fado.
Para trás ficaram inúmeros concertos nas principais salas e festivais de Portugal e de todo o resto da Europa (incluindo a recente edição da WOMEX) e ainda nos Estados Unidos, Brasil ou Angola; os prémios atribuídos ao álbum “Gisela João” pela generalidade dos media portugueses (Expresso, BLITZ, Público, Time Out, GQ…) e ainda dois prémios de enorme prestígio (Amália Rodrigues e José Afonso); os galardões de ouro e platina que recebeu; o espetáculo conceptual “Caixinha de Música” (em que cantou Nick Cave, Violeta Parra, Amy Winehouse ou Leonard Cohen), participações em concertos de músicos de variadíssimas áreas como Sérgio Godinho, Joss Stone, Linda
Martini, Nicolas Jaar ou Snarky Puppy…

Jamie & The Marx

São uma banda madeirense, composta por Tiago Silva (vencedor do passatempo MEO Like Music), na voz e guitarra, Miguel Apolinário, na guitarra lead e coro, Miguel Marques no baixo e Lino Ornelas na bateria.
Todos são músicos experientes no panorama musical madeirense. Apresentam um repertorio de “covers”, recheado de groove e óptimas energias, com músicas  portuguesas e inglesas que prometem colocar o público do MEO SONS DO MAR todo a dançar

O Mundo de Sara

Sara Mestre nasceu em Agosto de 2004 e desde cedo teve aulas de dança como ballet, sapateado e hip hop. Sara, apesar da sua tenra idade, já conta com muitas participações em teatro, cinema e televisão. Além disso, tem experiência em publicidade e passagens de modelos, marcando presença em diversos eventos.
Este pequeno, grande, talento teve formação artística em Nova Iorque, onde frequentou o workshop “Camp Broadway” em 2015.
Em 2016, a Sara tornou-se protagonista de “O Mundo da Sara” do Panda, o canal mais visto pelas crianças em Portugal e vive num mundo encantado onde tudo é possível. Destaca-se que o foi editado nas versões CD e DVD+CD e em apenas 3 semanas chegou ao 1º lugar no top de vendas nacional, tornando-se disco platina.
Este programa é um dos mais recentes fenómenos da música infantil e está a conquistar os corações dos mais novos. O disco está repleto de canções divertidas onde pode-se contar com a presença de piratas, rockstars, comboys, princesas e muitas outras aventuras.
Os vídeos como “Um Mundo Perfeito”, “Pirata” e “Alô Alô” de “O Mundo da Sara”, para além do seu enorme sucesso no Canal Panda, já contam com mais de 16 milhões de visualizações no Youtube.
No espetáculo “O Mundo da Sara” é garantido muita música e diversão. Sara e os seus amigos vão viver aventuras fantásticas e inesquecíveis que vão fazer as delícias dos mais novos. Esta é, sem dúvida, uma oportunidade única para os mais pequenos conhecerem de perto o mundo fascinante de “O Mundo da Sara”.
Sara é uma menina sonhadora que sempre que sai da escola encontra o Panda.
A menina entra num mundo de sonhos onde pode viver as suas aventuras. Esta pequena estrela vai estar em palco com quatro amigos, bailarinos e atores. O mundo de sonho começará no seu quarto e viajará por todos os seus mundos e personagens e convida todas as crianças a juntarem-se a ela e se deixem conquistar por histórias que lhes permitem sonhar cada vez mais.
Através de muita música e diversão é possível conhecer de perto o “Mundo da Sara”.


Ver mais
Voa2
VOA – Heavy Rock Festival
Comprar Bilhetes para VOA – Heavy Rock Festival
VOA – Heavy Rock Festival | de 4 a 6 de Agosto | Parque Urbano Quinta de Marialva
VOA – Heavy Rock Festival vai estar uma vez mais de regresso ao Parque Urbano Quinta de Marialva, em Corroios, nos dias 4, 5 e 6 de Agosto, sendo que a edição de 2017 apresenta diversas novidades na programação do festival.

Entre as principais conta-se, pela primeira vez e a aproveitar o crescimento do evento para três dias, a inclusão de um segundo palco, que conta com curadoria da revista LOUD!.

Do rock'nroll selvagem dos THE BLACK WIZARDS ao misterioso híbrido death/black metal dos THE OMINOUS CIRCLE, passando ainda pelo heavy metal com garra dos CRUZ DE FERRO, pelo peso contemporâneo dos ADAMANTINE, pelo obscurantismo dos NÉVOA, pelas atmosferas desafiantes dos EARTH DRIVE, pela agressividade cerebral dos DON'T DISTURB MY CIRCLES, pelo death/grind letal dos incontornáveis GROG e também pelo crossover pujante dos RASGO, a mais antiga e resiliente publicação mensal dedicada aos sons pesados em território nacional promete transformar este espaço numa mostra do que de melhor se tem produzido por cá nos últimos anos.

Como se isso só não bastasse, às onze bandas já previamente anunciadas para o palco principal, juntam-se agora mais dois nomes de respeito; a saber, THE CHARM THE FURY e PROCESS OF GUILT.

Se estes últimos são sobejamente conhecidos do público luso, sendo hoje vistos como um dos mais brilhantes porta-estandartes do extremismo nacional mais lento, monolítico e pintado em tons bem negros, os primeiros poderão perfeitamente transformar-se numa das grandes sensações da edição de 2017 do VOA – Heavy Rock Festival. Liderados pela indomável Caroline Westendorp, o quinteto holandês tem vindo a afirmar-se como um nome a ter em conta no espectro do metal ultra-moderno e acaba de editar o segundo longa-duração, com título «The Sick, Dumb & Happy», que marca a estreia dos THE CHARM THE FURY através da gigantesca Nuclear Blast e promete, desde já, transformá-los numa das propostas mais badaladas do Verão que se avizinha. Quem tem também um portentoso novo álbum na calha e pronto a ser editado são precisamente os PROCESS OF GUILT, sendo que esta passagem dos lisboetas pelo palco do Parque Urbano Quinta de Marialva, em Corroios, será uma ótima oportunidade para conferir todo o poderio sonoro de «Black Earth», o muito aguardado sucessor do elogiado «FÆMIN».

O cartaz do VOA – Heavy Rock Festival – que decorre, nos dias 4, 5 e 6 de Agosto – conta também com a participação dos já anunciados APOCALYPTICA, TRIVIUM, EPICA, THE DILLINGER ESCAPE PLAN, INSOMNIUM, DEATH ANGEL, OBITUARY, KILLUS, CHILDRAIN, COLOSSO e TERROR EMPIRE. Os últimos nomes serão anunciados brevemente.

Os bilhetes custam 65 euros (passe três dias) e 35,00 euros (bilhete diário), à venda nos locais habituais.
Fã Pack passe + t-shirt oficial do festival já à venda.

THE CHARM THE FURY
Quatro anos depois de, em 2013, terem apanhado muito boa gente de surpresa com o lançamento do disco de estreia «A Shade Of My Former Self» através da independente francesa Listenable Records, os holandeses The Charm The Fury aumentaram em muito a qualidade do seu “jogo”. Dominado por um registo agressivo impulsionado pelo desdém que os elementos da banda nutrem pelo estado calamitoso do planeta em que vivemos no Séc. XXI, apoiado numa inteligência feroz e num sincero desejo de libertar as massas do torpor em que vivem, a novidade «The Sick, Dumb & Happy» afirma-se como uma potente declaração de intenções na forma como pretende trazer um novo fôlego ao mundo da música pesada. Temas como os singles «Down On The Ropes» ou «Echoes» surgem assentes numa fórmula de metal ultra-moderno e distinto, carregado de balanço e melodia, redefinindo o som do quinteto à luz do crescimento que sofreu desde que, corria o ano de 2010, se juntaram para fazer música. Revelando um crescimento exponencial, em 2017 os The Charm The Fury mostram-se um coletivo no auge dos seus poderes, impulsionado por uma paixão imensa para fazer música que vai direta à jugular e que exige headbanging furioso por parte da sua audiência. À frente do projeto está a indomável Caroline Westendorp, senhora de um registo vocal ultra-dinâmico, capaz de ir do canto melódico a um forte rugido gutural numa questão de segundos, que se afirma como mais uma prova de que uma vocalista feminina no mundo do metal pode ser muito mais que apenas uma ferramenta do marketing para satisfazer as massas.

PROCESS OF GUILT
Tendo aperfeiçoado a sua expressão musical distinta e inimitável ao longo de um caminho que abrange já uma carreira de quinze anos, os Process Of Guilt são atualmente uma das principais forças motrizes no underground português. Entregando riffs massivos e pesados apoiados numa secção rítmica punitivamente precisa, quase-industrial, a banda lisboeta possui uma intensidade única que atrai ouvintes de um amplo espectro de géneros e sub-géneros da música extrema. Amplamente experimentados quando se trata de tocar ao vivo – tendo partilhado palcos com bandas de nomeada como Godflesh, Cult of Luna ou Napalm Death – as suas performances são exibições puras de ferocidade, que não deixam ninguém indiferente. Com o lançamento de seu terceiro longa-duração «FÆMIN», em 2012, o quarteto formado por Hugo Santos, Nuno David, Custódio Rato e Gonçalo Correia deu finalmente o há muito merecido salto para o reconhecimento internacional – o álbum sucessor de «Erosion» e «Renounce» valeu-lhes duas digressões europeias como cabeças-de-cartaz e um cobiçado slot na edição de 2013 do festival Roadburn, onde atuaram perante uma multidão totalmente rendida à descarga monolítica do quarteto nacional. Já após a edição de um split com os suíços Rorcal, há dois anos, 2017 marca o regresso dos músicos aos discos de longa-duração, com o colossal «Black Earth» a capturar uma vez mais as vibrações orgânicas e industriais já presentes em «FÆMIN» e desenvolvendo-as ainda mais na construção de uma besta hipnótica de proporções gigantescaso de 2016.
Ver mais
Thumbnail (1)
VOA – Heavy Rock Festival | Horários
Comprar Bilhetes para VOA – Heavy Rock Festival | Horários
VOA – Heavy Rock Festival | de 4 a 6 de Agosto | Parque Urbano Quinta de Marialva

Consulte os horários da edição de 2017 do VOA que vai decorrer nos dias 4, 5 e 6 de Agosto, no Parque Urbano Quinta da Marialva em Corroios.

Os bilhetes custam 65 euros (passe três dias) e 35 euros (bilhete diário), à venda nos locais habituais.

Confirmados para o evento estão as seguintes bandas:

Palco Principal
Apocalyptica, Trivium, Carcass, Epica, The Dillinger Escape Plan, Venom, Death Angel, Obituary, Insomnium, The Charm The Fury, Process of Guilt, Killus, Colosso, Terror Empire e Childrain

Palco LOUD!
Grog, The Ominous Circle, The Black Wizards, Rasgo, Cruz de Ferro, Nevoa, Adamantine, Earth Drive e Don't Disturbe My Circles.





                                                                                   HORÁRIOS

VOA – Heavy Rock Festival  | Horários







Ver mais
Jamie (1)
JAMIE CULLUM
Comprar Bilhetes para JAMIE CULLUM
28 DE JULHO | JARDINS DE SERRALVES
No dia 28 de Julho, o belíssimo Jardim de Serralves no Porto, vai receber um dos maiores artistas de sempre – JAMIE CULLUM, para um concerto que promete ser muito especial.

Num dos jardins mais notáveis do mundo esta promete ser uma noite única, ao som do piano e dos muitos temas, como “Don´t Stop de Music” ou de “Edge of Something”, Jamie Cullum vai cantar, tocar e encantar.

O multifacetado pianista, cantor e compositor JAMIE CULLUM é a maior estrela de Jazz do Reino Unido. 

O músico britânico, um astro maior do Jazz, deixou a sua marca no mundo da música através da sua originalidade e criatividade: sabe como ninguém polvilhar o Jazz com sons contemporâneos e Pop. Mas sem esquecer a multiplatina com “Twentysomething” e todo o seu conhecimento e amor pela música que o fizeram crescer nos palcos de todo o mundo. Vencedor de um Grammy, dois Brit Awards, dois Globos de Ouro, entre outros prémios conquistados.

BILHETES À VENDA A PARTIR DO DIA 24 DE FEVEREIRO

INFORMAÇÕES:
Jardins de Serralves
28 de Julho - Porto

Abertura Portas: 20h00
Início do Espetáculo: 22h00

Bilheteira
Plateia VIP – 50.00 €
Plateia A – 40.00 €
Plateia B – 30.00 €
Plateia em pé – 20.00 €

À venda nos locais habituais

Ver mais
Miguel Araujo2
MIGUEL ARAÚJO
Comprar Bilhetes para MIGUEL ARAÚJO
MEO MARÉS VIVAS - VILA NOVA DE GAIA / 16 DE JULHO

MIGUEL ARAÚJO já é artista da casa e no dia 16 de Julho regressa para um concerto muito especial. É um dos artistas mais completos da nova geração da música portuguesa. Cantor, músico e compositor, deu-se a conhecer n’Os Azeitonas, a banda portuense que aos poucos se
foi afirmando como um dos mais interessantes fenómenos de culto do panorama nacional (Anda Comigo Ver os Aviões, Quem és Tu Miúda, Ray-Dee-Oh, etc).

Em Maio de 2012 estreou-se a solo com “Cinco dias e Meio”, de onde se destacam temas como Os Maridos das Outras (single de estreia), Fizz Limão ou Capitão Fantástico. O single de estreia foi nomeado para “melhor canção do ano” nos prémios da Sociedade Portuguesa de
Autores, nos Globos de Ouro e na gala da RTP dos melhores do ano. Miguel Araújo foi ainda nomeado para “melhor intérprete individual” nos globos de Ouro e como “personalidade masculina do ano na categoria de música” na revista Lux. O álbum foi considerado um dos 10
melhores do ano e “Capitão Fantástico” foi eleita uma das melhores músicas do ano pela revista Blitz.

Logo no ano do lançamento do disco de estreia, Miguel Araújo atuou em cerca de 40 espetáculos, com destaque para o concerto de apresentação do disco na sala principal da Casa da Música, com lotação esgotada, participação em alguns festivais e uma actuação em Macau.

Paralelamente, participou, como cantor, no álbum “O Grande Medo do Pequeno Mundo”, de Samuel Úria. Compôs a banda sonora do monólogo “Como Desenhar Mulheres, Motas e Cavalos”, de Nuno Markl, que passou (sempre com casa cheia) pelos principais auditórios do
país. Compôs para António Zambujo (“Reader’s Digest” e “O que é Feito Dela”) e Ana Moura (“E Tu Gostavas de Mim”).

O sucessor de "Cinco Dias e Meio", "Crónicas da Cidade Grande", foi lançado em Abril de 2014 e entrou diretamente para o número 1 do top de discos do Itunes e para o top 3 de vendas.

“Balada Astral”, o primeiro single, foi nomeado na categoria de “melhor música” nos Globos de Ouro.

Os concertos de consagração: CCB em Lisboa (Outubro de 2014) e Coliseu do Porto (Novembro de 2014), ambos com convidados especiais (Luisa Sobral, António Zambujo, Ana Moura, entre outros), foram um verdadeiro sucesso, tendo a lotação da mítica sala portuense esgotado
semanas antes do espetáculo. O concerto no Coliseu do Porto foi um dos mais memoráveis da carreira do cantor que, cerca de um ano antes, se tinha estreado no palco daquela mesma sala, mas com Os Azeitonas.

2015 revelou ser mais um ano cheio de sucessos para Miguel Araújo. Em Março estreou-se a solo em palcos internacionais, com uma mini-digressão pela Galiza, que passou por Santiago de Compostela, Lugo e Ourense, e onde foi muito bem recebido e reuniu elogios por parte do
público e da crítica. Subiu ainda ao palco principal do festival MEO Marés Vivas (Vila Nova de Gaia) naquele que foi considerado um dos melhores concertos do festival nesse ano.Tem esgotado todas as salas por onde tem passado, tendência que parece ter vindo para ficar.

Em 2016 estreou-se na Suíça e em Inglaterra, sempre com excelente receção do público. Este ano ficou, no entanto, marcado pelos concertos com António Zambujo nos Coliseus de Lisboa e Porto, e pelo recorde que atingiram, ao serem marcadas 28 datas. A dupla terminará a aventura em Beja e na Maia, as suas terras natais.

Tanto “Cinco Dias e Meio” como “Crónicas da Cidade Grande” atingiram a marca de Disco de Ouro, e a edição limitada e numerada de “Cidade Grande ao Vivo” esgotou, tendo sido posta à venda uma segunda edição, com o registo áudio do concerto no Coliseu do Porto.
Atualmente, Miguel Araújo encontra-se a trabalhar no sucessor de “Crónicas da Cidade Grande”.


MAIS iNFORMAÇÕES:
http://www.primeiralinha.pt/
https://www.facebook.com/miguelaraujojorge/

BILHETES E PONTOS DE VENDA
O preço dos bilhetes para a edição de 2017:
- Bilhete Diário: 35.00 eur
- Passe Geral: 60.00 eur
- Passe Geral VIP: 150.00 eur

Locais de venda: Ticketline, Blueticket, FNAC, CTT, masqueticket.com

Cartaz MV Miguel Araújo
Ver mais
SeuJorge 2
SEU JORGE
Comprar Bilhetes para SEU JORGE
MEO MARÉS VIVAS - VILA NOVA DE GAIA / 16 DE JULHO
Seu Jorge, nasceu em 1970 em Belford Roxo no Rio de Janeiro – Brasil.

Músico dos pés à cabeça, cantor, compositor, instrumentalista, produtor e ator, define-se a si mesmo como um cantor e compositor popular, que gosta de inúmeros géneros musicais, mas cujo fundamento é o samba:
“…O samba é a nossa verdade, nossa particularidade, é nossa medalha de ouro, nosso baluarte, nosso estandarte brasileiro. “ 

Com uma carreira internacional brilhante, tem em Portugal uma legião de fãs que fazem dele um dos artistas brasileiros mais ouvidos e reconhecidos atualmente no nosso País.

E no dia 16 de Julho sobe ao palco MEO do MEO MARÉS VIVAS para um grande espectáculo.
 
MAIS INFORMAÇÕES:
http://www.seujorge.com/pt_br
https://www.youtube.com/user/BlackServiceChanel/
https://twitter.com/soujorge

BILHETES E PONTOS DE VENDA
O preço dos bilhetes para a edição de 2017:
- Bilhete Diário: 35.00 eur
- Passe Geral: 60.00 eur 
- Passe Geral VIP: 150.00 eur 
Locais de venda: Ticketline, Blueticket, FNAC, CTT, Breakpoint.es

Cartaz MV Seu Jorge
Ver mais
© 2010 PEVENTERTAINMENT Todos os direitos reservados
Powered By Wiremaze